Erzinger na Industria 4.0 e vice versa

A indústria 4.0 consiste em uma indústria sob novas configurações, moldada para uma quarta revolução industrial. O termo se refere à integração digital das diferentes etapas da cadeia de valor dos produtos industriais, desde o desenvolvimento até o uso. A indústria 4,0 é atualmente mais do que uma visão e sim uma realidade, tendo potenciais para alcançar melhorias, e o conceito continuado para envolver as pessoas como ideias de meios inovativos a ser implementados.

O conceito de indústria 4.0 ganhou força na Alemanha durante a Hannover Messe, em 2011, onde um projeto que envolve empresas, universidades e o governo foi lançado para modernizar a já desenvolvida indústria local.

Os alemães usam o termo em função das três revoluções industriais já existentes. Essa atual, a quarta, é a fase em que as máquinas, baseadas em sistemas eletrônicos, começam a tomar decisões de quando ligar, desligar ou de quando acelerar ou reduzir a produção no ambiente da manufatura. Enquanto o alemão chama isso de indústria 4.0, os americanos e os chineses chamam de manufatura avançada.

Para a indústria, a Internet das Coisas (IoT – do inglês Internet of Things) tornou-se uma realidade muito presente atualmente. Com a combinação de dispositivos que incorporados em objetos físicos, e a utilização dos dados que são gerados pelo próprio equipamento, os fabricantes veem a IoT como uma nova estratégia para melhorar a eficiência da produção.

A IoT, utiliza do conceito de conectar todo e qualquer dispositivo na Internet, no plano do dia a dia das pessoas, estamos falando, por exemplo, de conectar geladeira, televisão, relógio, enfim, tudo que gere informações e possa interagir de alguma forma no cotidiano, trazendo esta configuração na indústria.

Na Erzinger, alguns departamentos e produtos já estão interligados e automatizados por meio de ferramentas virtuais com o intuito de melhorar a efetividade e a rapidez no tratamento das informações.

Após a conclusão de um projeto, estas informações ficam disponíveis em uma pasta ou nuvem onde o programador da máquina simplesmente importa os desenhos em 3D que foram desenvolvidos na engenharia, importa os desenhos para um software, que por sua vez realiza o desenvolvimento, separação, planificação, e todas as informações são tratadas pelo software (espessura, tipo, peso, aproveitamento) sem que exista a interação humana. Após este processo o software gera um programa em forma de Nesting (divisões) que são disponibilizados ao operador de corte Laser ou Puncionadeira. O programa controla o melhor aproveitamento do material, separa por espessuras, indica as melhores ferramentas, informa o peso individual por peça, planifica, fornece tempos de processo, informa a quantidade de sucata gerada sem a intervenção humana.

Foto1 – Máquinas Interligadas do Parque Fabril Erzinger – Puncionadeira / Laser

O operador por sua vez só vai executar o que foi estipulado pelo software abastecendo a máquina com a matéria prima indicada no relatório e pronto. Num processo que antigamente se levava na casa de horas, atualmente leva se minutos e a dependência operacional e propensa a erros que antes existia, atualmente está próxima de zero.

Na Erzinger sempre buscamos, integrar processos e equipamentos para garantir a Qualidade, melhorar a eficiência, a produtividade interna fabril, mas também aplicar nos equipamentos que fabricamos. Sabemos e acreditamos nos benefícios gerados por estas interações tecnológicas. Infelizmente no Brasil, a velocidade de inovação que desejamos em alguns casos barra nas dificuldades da falta dos incentivos governamentais para aquisição de maquinas e equipamentos de ponta, apesar de que hoje nossa empresa possui máquinas muito avançadas tecnologicamente, algumas delas referência na América Latina.

Foto 2 – Máquinas Parque Fabril Erzinger – Dobradeira Up Down.

Enfim, este é um termo que muito vai se ouvir falar, está acontecendo de forma evolutiva e tem um impacto positivo sobre o desempenho das empresas ajudando, por exemplo, a reduzir o consumo de energia, identificar gargalos e potencializar o aproveitamento dos equipamentos.

À Erzinger faz disso oportunidade para melhorar os níveis de serviço, que vão levar a um aumento da satisfação dos nossos clientes. Uma linha de produtos inteligentes que atendam à demanda de uma nova geração de clientes, são um pré-requisito para nos mantermos líder em um ambiente global e altamente competitivo.

Anúncios